• Facebook Social Icon

© 2020 Portal do orquidófilo

administrado por MARCELO ZAGER

Visitas

Como montar um orquidário perfeito?

 

      No item "Cuidados Gerais"  abordamos as principais necessidades das orquídeas. Montar um orquidário ideal significa fazer um lugar que possa dar as suas plantas todas essas condições. Ainda que o orquidário parece ser um ambiente homogeneo, ele é na verdade uma série de microclimas, em que mudar a planta de lugar significa muitas vezes a diferença entre o sucesso e o fracasso no cultivo. 

 

Escolhendo o lugar

 

       O ideal é que seja um lugar plano para facilitar a instalação de mesas e bancadas para as orquídeas.  Procure saber também a respeito de pontos em que tenha grande incidencia de ventanias, as quais precisam ser evitadas porque é comum que causem prejuizos até arrancando a cobertura. 

      Observe também a trajetória do sol durante o dia. Considerando-se um orquidário retangular, providencie que o maior comprimento seja disposto no sentido norte-sul, ja que o sol, de trajeto leste-oeste, varerrá todo o orquidário durante o dia. 

      Verifique se existem grandes orbstáculos (paredes, árvores) que podem diminuir o tempo de incidencia de sol no orquidário. 

      Quanto ao tamanho, considere que em cada metro quadrado é possivel colocar em torno de 10 plantas. 

Que material usar na estrutura? 

 

       Ao pensar na estrutura do orquidário, é melhor pensar em materiais duráveis, isso porque é bastante complexo fazer a manutenção de estrutura uma vez que as plantas estejam acomodadas no orquidário. Neste caso, usar madeiras sem tratamento, fará com que voce tenha dores de cabeça em poucos anos de cultivo se seu orquidário não for protegido das chuvas.  

       Algumas imagens retiradas das internet podem nos ajudar: 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

       Dentre todas, o eucalipto tratada é a mais economica, mas certamente pedirá substituição apesar da longa durabilidade.  Mourões de cimento são práticos e tem excelente relação custo/benefício além de serem rapidos de serem instalados.  Também já vi quem preferisse usar tubos de PVC preenchidos com cimento. Mas se voce tiver disponibilidade, pode estudar a possibilidade de implantar uma estrutura em ferro galvanizado, opção mais usada pelos produtores.  

       Quanto a altura, pense e pelo menos tres metros na parte mais alta para uma boa circulação do ar. .

Cobertura do orquidário 

 

       A maior prioridade da cobertura é permitir a luminosidade adequada para as suas plantas.  No topico de "Cuidados Gerais" tratamos do assunto.

Telas de sombreamento

 

       Existem várias opções no mercado, inclusive de coloridos diferentes, mas para as orquídeas apenas as pretas e as reflexivas foram bastante testadas e tem resultados seguros. Na hora de escolher, voce precisará optar pela porcentagem de sombreamento. Quanto maior a porcentagem, mais sombra voce terá. A maioria das orquídeas vegeta bem com sombreamento entre 50 e 70%. Sugerimos que voce consulte colecionadores em sua região para avaliar a porcentagem mais indicada. 

 

       Em algumas regiões é necessário diminuir a temperatura dentro do orquidário, neste caso, uma das opções é o uso de telas reflexivas.  Esse tipo de tela tem cor prateada que consegue refletir parte dos raios solares, diminuindo o aquecimento no orquidário. 

 

 

Ripados

 

       Os ripados já foram muito usados para o cultivo de orquídeas, uma das primeiras opções usadas pelos orquidários no passado. O encarrecimento da madeira, material usado para se constuir o ripado, aliado ao surgimento das tecnologias das telas de sombreamento mais baratas, faz com que hoje seja cada vez mais raro encontra-los. Ainda assim, os resultados para o cultivo são ótimos. As ripas devem ser pregadas semnre no sentido norte-sul, para que o sol possa passar por toda área do orquidário. Pregar as ripas no sentido leste-oeste causará queimaduras em suas plantas.  Tecnicamente é facil de calcular a % de sombreamento. Se for usada uma ripa de 5cm de largura e uma espaço entre elas for também de 5cm, então teremos 50% de sombreamento. 

       Vale aqui lembrar do charme e da beleza que é um ripado. 

 

 

Filme Plástico

 

       O filme plástico tem sido uma opção cada vez mais usada, e o motivo é um só: controle de umidade.  Como vimos no tópico "Cuidados Gerais" a umidade excessiva é uma das principais causas de doenças e morte das orquídeas. Então, se voce mora em uma região que tem períodos prolongados de chuva, essa é uma opção a se considerar seriamente. 

Existem duas opções de filme plástico podem ser usados: o trasnparente e o leitoso.       Se voce optar pelo trasnparente, precisará adicionar também um tela de sombreamento para evitar a queima das orquídeas. Então a vantage do leitoso esta justamente na possibilidade de não necessitar de tela de sombreamento, ainda que por vezes seja necessária uma tela reflexiva para diminuição da temperatura interna. 

       A durabilidade do filme é em torno de 5 anos, sendo então necessário trocá-lo. 

Não use plasticos comuns, esses durarão menos de um ano por causa do sol. O filme agrícola recebe tratamento para resistir melhor a ação solar. 

É importante observar que no caso do uso de cobertura de filem plastico, é necessário que o orquidário seja mais alto (em torno de 4m) para que as plantas nao sofram com superaquecimento. 

      A cultura de orquideas em ambiente protegido é um desafio a parte, tendo em vista que todas as condições devem agora ser dados pelo orquidófilo. Maior estudo de todo o cultivo costuma ser necessário para o sucesso. 

Acomodando as plantas 

 

      

Bancadas em Madeira

       

      Trata-se da forma mais barata de fazer as bancadas além da facilidade de adaptar e montar. O incoveniente fica por conta da durabilidade do material. Bancadas devem ficar a pelo menos 80cm do solo. 

Bancadas em Metal

       

        Custo mais elevado, compensado pela durabilidade   

Orquídeas penduradas

       

      Excelente opção; mantem as plantas ventiladas, sendo opção que reduz bastante a quantidade de doenças. O incoveniente fica por conta de reforçar a estrutura do orquidário para suportar o peso dos vasos.    

Orquidário vertical

       

      Opção para espaços pequenos, mas não subestime a necessidade de luminosidade das orquídeas. Se esta for um aopçã para voce, certifique-se de que as linhas mais baixas da parede estejam bem iluminadas. Outra alternativa é colocar nas linhas mais altas as plantas que precisam de mais luz e nas linhas mais baixas as que gosam de mais sombra. 

       Para fazer a estrutura do orquidário vertical basta prender um tela na parece e fixar as orquideas nela.    

Orquídeas em Degraus

       

      Outra boa opção para economizar espaço e permitir que as orquídeas fiquem com boa iluminação. Além disso, as plantas ficam mais vizíveis aos nossos olhos, facilitando manejo de pragas e doenças. .    

Bancadas com blocos de cimento e tela

   

Bancadas com telhas de amianto