• Facebook Social Icon

© 2020 Portal do orquidófilo

administrado por MARCELO ZAGER

Visitas

Calcio e Magnésio para suas orquídeas

        Para quem quer ter sucesso no cultivo de orquídeas, estudar os aspectos nutricionais é uma capítulo obrigatório. E não é uma tarefa fácil diante da infinidade de combinações e possibilidades dentro de uma estratégia de adubação vencedora. 

        Já falamos a respeito em um capítulo sobre adubação mo tópico "CULTIVO", mas além daqueles aspectos gerais, alguns detalhes específicos vem ganhando importância no cultivo de orquídeas. Estamos falando de cálcio e magnésio, elementos que hoje, juntamente com nitrogênio, potássio e fósforo, tem o status de macroelementos tamanha a importancia dentro do metabolismo das orquídeas. 

        Cálcio

 

        Se pensarmos em cálcio para os seres humanos logo pensamos na importância dele para a estrutura de nossos ossos. Nas orquídeas a função é muito parecida, jas que são constituíntes fundamentais para a construção da parece celular. 

        O cálcio é absorvido pelas raízes e transportado pelo xilema (vasos que transportam elementos das raízes para as partes aéreas da planta), mas tem a particularidade de não ser transportado pelo floema (vasos que tansportam elementos das partes aéreas para as raízes). Isso significa que não pode ser mobilizado das partes mais velhas das planta para que possa ser usado nas partes em crescimento, sendo que deve ser constantemente fornecido para a planta. Por isso também que a deficiencia de cálcio é primeiro vista nas partes mais novas, as que estão em processo de crescimento. 

        A deficiência aparece quando partes em crescimento da planta se desenvolvem na ausencia de cálcio suficiente. As Cattleyas e outras espécies que tem crescimento rápido durante o verão são as mais acometidas. Os sintmoas são facilmente confundidos com podridão negra, já aparecem como pretejamento das folhas mais jovens (em crescimento) das pontas para a base.  O suplemento adequado de cálcio também é útil para diminuir a incidência da podridão negra verdadeira, causada pelo desenvolvimento de micro-organismos patogênicos devido ao excesso de umidade.  

        Magnésio 

           O magnésio é um elemento fundamental para a produção de clorofila na orquídea, pigmento verde  necessário para as reaçoes metabólicas para produção de energia. 

           Diferente do acontece com o cálcio, o magnésio é transportado por toda a planta tanto pelos vasos do xilema como do floema, podendo desta forma ser deslocado para qualquer parte da planta em que se mostre necessário.  Esta mecanica explica o aparecimento e caracterização dos sintomas de sua deficiência.            Como o magnésio pode ser transportado das folhas mais velhas para as mais novas, os sintomas iniciam justamente nas partes mais velhas que são sacrificadas para garantir a continuidade de crescimento da planta.